MENU

DESMATAMENTOS E QUEIMADAS – A PREVENÇÃO É O MELHOR COMBATE

O desmatamento é um dos mais graves problemas ambientais do nosso tempo. Além de devastar as florestas e os recursos naturais, ele compromete o equilíbrio do planeta em seus diversos elementos, incluindo os ecossistemas, afetando gravemente também a economia e a sociedade.

Nossa preocupação como autoridades constituídas, é que nossa população saiba reconhecer a importância da vegetação natural, como as florestas, conheçam todos os benefícios gerados por elas, ambientais, econômicos e sociais, para que, assim, compreendam a necessidade de sua preservação.

Neste sentido, se torna imprescindível que medidas sejam tomadas para que as taxas de desmatamento diminuam, entre essas medidas está a educação. Além disso, se faz necessário que políticas de reflorestamento, manejo sustentável, proteção e fiscalização sejam implementadas para o controle do desmatamento e a preservação do meio ambiente, pois com isso estaremos evitando a degradação de habitat, a erosão de nossos solos, a perda da biodiversidade, a modificação do clima, os impactos sociais, dentre outros.

É importante ressaltar que o aumento dos desmatamentos trazem um risco ainda maior para que queimadas venham a ocorrer, gerando impactos negativos para a sociedade e o meio ambiente, ameaçando espécies da fauna e da flora, afetando diretamente o meio de vida de milhões de pessoas, comprometendo a oferta hídrica de outros tantos milhões e contribuindo para a perda de solos férteis e a erosão. Além disso, as queimadas contribuem com a emissões de gases de efeito estufa que afetam o clima, sendo a principal fonte de emissões do Brasil.

Neste sentido, como estamos em um período de seca intensa e o risco de futuras queimadas é eminente, a Câmara Municipal de Vila Rica – MT resolveu lançar um alerta a população da Zona Urbana e principalmente da Zona Rural do Município, sobre os problemas que podem ser ocasionados na estiagem, divulgando os métodos que devem ser realizados para evitar as queimadas nesse período.

  1. Não queimar lixo ou outros resíduos em locais próximos à vegetação;
  2. Não jogar pontas de cigarro em acostamentos de rodovias ou região de matas; 
  3. Não soltar balões com fogo;
  4. Não acender fogueiras na época da estiagem; 
  5. Utilizar formas alternativas de manejo de pastagens; 
  6. Evitar fazer a queima para limpar as áreas de pastagem ou plantio;
  7. Realizar aceiro nas cercas de proteção;
  8. Conscientizar a população sobre o desmatamento.
  9. Não atear fogo em área de vegetação, roçado ou áreas desmatadas sem a devida autorização e supervisão do órgão ambiental;

Cumpre destacar que esses sinais de alerta são ainda maiores entre julho e agosto, pois nestes meses são registrados o maior número de queimadas. Isso porque o tempo seco, com baixa umidade relativa do ar, combinado com atitudes inadequadas, faz do período de secas uma época com altos índices de incêndios e queimadas em vegetações rasteiras e também em matas mais densas.

Esses incêndios e queimadas reduzem a qualidade do solo, destroem a vegetação, contribuem para a poluição do ar e aumentam o número de morte de animais, tanto pelo fogo, quanto por atropelamentos ao tentar fugir do local.

Além dos danos causados ao meio ambiente, o fogo e a fumaça podemos causar doenças, como: infecções do sistema respiratório superior, asma, conjuntivite, bronquite, irritação dos olhos e garganta, tosse, falta de ar, nariz entupido, vermelhidão e alergia na pele.

Por fim, temos a consciência que nossa população é consciente e apta a tomar os devidos cuidados para evitar que futuros focos de incêndio venham a ocorrer em nosso município, mas os desmatamentos e as queimadas são uma realidade com a qual às vezes temos que conviver no Município de Vila Rica – MT, por isso a prevenção sempre será o melhor remédio para o combate e atitudes simples no seu dia a dia podem fazer toda a diferença, por isso, faça a sua parte.

Câmara Municipal de Vila rica – MT, 09 de julho de 2024.

Mais
notícias

02/05/2024

Nota de Pesar

24/05/2023

Nota de Esclarecimento

04/04/2022

Sessão realizada nessa Segunda-feira dia 04 abril de 2022

Pular para o conteúdo